Seguidores

Cinema Latino

terça-feira, 19 de abril de 2011

"Índia, a filha do sol", Brasil, 1982.

Ficha Técnica:
Título original: Índia a filha do sol
Ano: 1982
Gênero: Drama
Direção: Fábio Barreto
Roteiro: Fábio Barreto, Eduardo Coutinho, Marco Altberg
Produção: Lucy Barreto, Luiz Carlos Barreto, Lucíola Vilella
Design Produção: Clovis Bueno
Música Original: Caetano Veloso
Fotografia: Pedro Farkas
Edição: Raimundo Higino
Figurino: Clovis Bueno
Maquiagem: Ana Grega
Efeitos Sonoros: Denise Fontoura, Jorge Saldanha, Antônio César
Efeitos Especiais: Sérgio Farjalla
Pais: Brasil


Elenco:
Glória Pires (India Put'Koi)
Nuno Leal Maia (Cabo Silvério)
Pedro Paulo Rangel (Maneco)
Sebastião Vasconcelos (Inspetor)
Ruy Polanah (Mank'Pok )
Flávio São Thiago 
Lutero Luiz 
Sinopse: É uma história moderna sobre o envolvimento de um branco e uma índia e das imensas diferenças culturais entre ambos e a violência do garimpo onde vivem.
O filme começa com um soldado uniformizado solitário, caladão e fortemente armado, chegando de barco a uma região do interior do Brasil. No mesmo barco estão uma jovem índia e seu pai. O soldado fica em uma pousada enquanto os índios ficam por perto. Ele resolve pedir ao dono do bar que embebede o pai da índia, para dormir com ela.
No dia seguinte, ao seguir viagem pela floresta, o soldado percebe que a índia veio atrás dele com seus poucos pertences e uma cabrita de estimação. Sem se falarem, ele permite que a índia o acompanhe no seu caminho. Ao chegar ao seu destino, um garimpo de diamantes no meio da mata, o soldado se mostra a vontade em meio aos homens rudes e as prostitutas do lugar. Ele logo é contratado por um dos chefões do garimpo. Já a índia é totalmente deixada de lado por todos, mas ela só deseja ficar com seu amado e continuará com ele até o fim.

 
Meu comentário: Nem de longe um dos melhores filmes de Fabio Barreto. Roteiro capenga. Mas um filme com dois pontos positivos: ter Glória Pires no elenco e a bela canção de Caetano Veloso, "Luz do sol", tema da personagem título. Vai uma palhinha da música aí:

2 comentários:

  1. Olá M.,

    Parabéns pela lembrança desse filme, hoje que é dia do índio. Adoro cinema brasileiro e vejo tudo que posso. Realmente esse filme não é muito bom, mas vale pela presença de Glória Pires e pela música do Caetano Veloso, como você mesma disse. Abração.

    ResponderExcluir
  2. Gloria Pires de índia? e com esse cabelinho a lá Justin Bieber? Hmn, é de se considerar.... Bem, fiquei apenas curioso por Gloria...

    ResponderExcluir

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin