Seguidores

Cinema Latino

domingo, 10 de outubro de 2010

Jargões do Didi Mocó

O programa Os trapalhões era um grande sucesso entre finais dos anos 70 e todos os 80. Quem não esperava ansiosamente por uma noite de domingo para se render às piadas e palhaçadas do quarteto mais famoso do país: Didi, Dedé, Mussum e Zacarias?! Muitos dos jargões abaixo apareceram em vários desses programas, inclusive atualmente na Turma do Didi. Inclusive no cinema muita gente já deu gargalhadas de doer a barriga com as tiradas do Didi. A Renato Aragão Produções Artísticas Ltda foi fundada em 1977, mas antes disso Os Trapalhões dava lições de humor na telona. Vale muito à pena rir de novo!

Frases e jargões da personagem Didi (Renato Aragão):
"Ô psit"! (talvez seja sua frase mais famosa; é uma modificação da interjeição "psiu"; em raras ocasiões Didi também usava Psita, para mulheres ou supostos homossexuais)
"Som na caixa"! (quando um algum cantor participa de seu programa)
"Pó pará"! (Pode parar!)
"Nem morta, filha"! (recusando-se a realizar alguma ação)
"Dá licença, caiu algo aqui no chão... "(sempre quando queria conversar com alguém em particular, no meio de outras pessoas, Didi atirava intencionalmente um objeto no chão, dizia a frase e puxava a pessoa para falar)
"Tudo em riba" (em cima)?
"Ô da poltrona"! (dirigindo-se ao telespectador)
"Quieto, quem chumbar levará mexe"! (Quieto, quem mexer levará chumbo! (ao ameaçar algúem com uma arma de fogo))
"Âh, âh, âh"! (gritando assustado)
"Circulando, circulando"! (ao fugir de alguma má situação)
"É fria"! (idem ao acontecimento anterior)
"Bicho bão"! (se referindo à mulheres bonitas)
"Tesouro"! (idem ao acontecimento anterior)
"Cuma"? (Como?)
"Reco-Reco, Bolão e Azeitona"! (frequentemente Didi usava estes nomes para apelidar um grupo de três pessoas, inclusive seus três amigos)
"Arô? Sô ieu".(Alô? Sou eu) (Ao atender o telefone. Didi sempre passa o telefone pelo rosto, pensando que a outra pessoa o verá)
"Assôôô"! (Achou! (quando alguém que o estava procurando o encontrava))
"É comiga"-(comigo)?
"Tô com as catraca meio cafusa "(confusas)!
"Eu sô muito maaacho"!
"É caflito" (conflito)? (ao se desentender com alguém)
"É guerra"? (idem ao acontecimento anterior)
"É um, é dois, é dois e meio, é dois e quarenta e cinco, é três"! (sua contagem até três)
"Fui ofendido mas tô no lucro"!
"Ouço vozes... "
"Aí vareia (varia)"!
"Arranca a tornêrinha dele"! (bastante dita nos anos 80, quando Didi queria castigar alguma criança que o ofendia)
"Eu dô minhas cacetada"! (quando era questionado se sabia realizar algo, Didi queria dizer com esta frase que, apesar de não ser muito bom, sabia fazer tal ação)
"Audácia da pilombeta"!
"Hmmmm, tô com medo da menina"! (debochando de alguém que o ameaça)
"Folgo em vê-lo, indivíduo competente".
"Eu não quero nem saberrrrr..."!
"Vô fingir que nem ouvi"!
"Aguarde, e confie"!
"Isso, pisa, pisa em cima daquele que te dá carinho"! (bastante dita nas temporadas dos Trapalhões de 1990 e 1991)
"Biiiito" (bonito)!
Bater palmas três vezes e gritar: "Peruas!" (somente na temporada dos Trapalhões de 1992)
"Os pirataaa"! (somente na temporada dos Trapalhões de 1993)
"Sabe tudo"! (somente na temporada dos Trapalhões de 1993)
"Ô boy"! (se lamentando, apenas na Turma do Didi)
"É assim com os ômi"!(Renato Aragão fez a personagem Severina a prima nordestina da Dona Salomé, gaúcha da cidade de Passo Fundo, personagem criado por Chico Anysio, que era muito amiga supostamente, do ex- presidente João Batista de Oliveira Figueiredo. A piada remete exatamente ao último presidente militar e mexia com a história bíblica de Salomé e João Batista. Severina"" esfregava os dois dedos indicadores e falava este bordão. Queria dizer que era íntimo da pessoa)
"Tá na mão do Artista"!
"Isso muito me interessa"!
"Acredito muito na ciência"! (A Turma do Didi)
"Assim como são as pessoas, são as criaturas"!
"Esse aí camufla"! (Frase usada por Didi para se referir a supostos homossexuais)
"Esse aí escamoteia"! (idem ao caso anterior)
"Popozuda"! (Quando se referia a mulheres de corpo curvilíneo. A frase ganhou tal fama que caiu no gosto popular, e foi usada em músicas, filmes, e até hoje existe no vocabulario popular.)
"Estorou aqui, vai feder lá fora"!
"Aí tem truta"! (desconfiando de alguém ou de alguma situação)


3 comentários:

  1. Oi, M.
    Se você não se importa, peguei estas frases e postei no meu blogue sobre língua portuguesa. Se quiser conferir, basta clicar neste link: http://concisoecoeso.blogspot.com/2010/10/vocabulario-de-didi-moco.html

    Queria saber se posso pegar as do Mussum.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Engraçadas sim! Eu gostava mais do Renato Aragão quando ele fazia dupla com o Dedé Santana e não tinham um programa estrelado por eles- quando participavam de programas com vários comediantes.

    Abraço

    ResponderExcluir
  3. Faltou uma frase que ele falava muito ! Um capeta ! acho que era a forma dele dizer isso é uma ova.

    ResponderExcluir

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin