Seguidores

Cinema Latino

terça-feira, 20 de abril de 2010

Roberto Carlos, a 300 kilômetros por hora (1971)

Ficha Técnica:
Título Original: Roberto Carlos, A 300 Quilômetros Por Hora
Gênero: Aventura
Tempo de Duração: 92 min.
Ano de Lançamento (Brasil): 1972
Distribuição: Ipanema Filmes
Direção: Roberto Farias
Assistente de direção: Luiz Antônio Machado e Mendel Rabinovitch
Roteiro: Roberto Farias
Argumentos: Bráulio Pedroso
Produção: Joni Natorf Shlomer, Ubirajara José da Gama e João Flávio Guerra
Pré-produção: Rogério Faria
Direção de produção: Mozael Silveira
Gerente de produção: David Cardoso
Co-produção: Produções Cinematográficas R. F. Farias
Música: Roberto Carlos
Canções: Roberto Carlos e Erasmo Carlos
Aranjos: Maestro Chico Moraes
Som: Alberto Viana
Fotografia: José Medeiros
Camera: Roberto Farias
Assistente de câmera: Ronaldo Nunes
Desenho de produção: Cláudio Tovar
Edição: Rafael Justo Valverde
Assistente de edição: A. Sarmento
Maquiagem: Walter de Almeida
Efeitos especiais: Wilmar Meneses
Continuidade: Percival de Oliveira



Elenco:
Roberto Carlos (Lalo)
Erasmo Carlos (Pedro Navalha)
Raul Cortez (Rodolfo)
Mario Benvenutti (Alfredo)
Libania de Almeida (Luciana)
Cristina Martinez (Neusa)
Flávio Migliaccio (Luig)
Otelo Zelloni (Mane)
Reginaldo Farias (Playboy)
Walter Forster (Dirigente da prova automobilística)
Maria Cristina Martinez
Jorberte dos Santos
Antônio Carlos Avallone
José Renato Catapani
Olga Mary Hanada
Cacilfa Rita de Jesus
Beatriz Assumpção
Rina Ostasevic
Zélia Borges
Rita Olívia Veloso
Wanda Reiff



Sinopse: Lalo, tímido mecânico de automóveis, ama em segredo tantos carros de corrida como a jovem Luciana, namorada de seu patrão Rodolfo, ás do automobilismo. As escondidas, Lalo e seu amigo Pedro Navalha treinam com o carro de Rodolfo, especialmente fabricado para a próxima taça Brasil, em Interlagos. Rodolfo briga com Luciana e parte para Europa. Pedro evita que Neusa, secretária de Rodolfo, cancele a inscrição do patrão. Coloca Lalo no lugar deste. Em plena corrida, a trama é descoberta, mas Lalo realiza uma "performance" sensacional e tem reconhecida a sua vitória.

Premiações:
- Melhor Edição no Prêmio "Governador do Estado de São Paulo", SP em 1971.

- Melhor Edição no Prêmio "Coruja de Ouro", INC - Instituto Nacional de Cinema, RJ, 1971.
Curiosidades
- Terceiro filme que Roberto Farias realiza com Roberto Carlos. Os precedentes foram: Roberto Carlos em Ritmo de Aventura (1968) e Roberto Carlos e o Diamante Cor de Rosa (1970).

- Estreou no rio a 25 de dezembro de 1972, numa única sala, passando depois a circuito e obtendo excelente receptividade popular.

- É uma produção toda construída em torno da aura popular do cantor-compositor, que pela primeira vez não canta em cena (as canções acompanham suas aventuras na trilha sonora).

- Último filme de Otelo Zeloni (1921-1973).

- Público de 2.751.344 pessoas.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin