Seguidores

Cinema Latino

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

"Samba", Espanha, 1964

Ficha Técnica:

Direção: Rafael Gi
Roteiro: Jesús María de Arozamena, Rafael Gil, José López Rubio
Trilha sonora: Gregorio García Segura
Fotografia: Christian Matras, Gábor Pogány
Montagem: Antonio Ramírez Ángel
Desenho de produção: Pierino Massenzi
Cenário: Enrique Alarcón
Figurino: Joaquín Esparza

Sinopse: A Escola de Samba Salgueiro está pronta para se apresentar no desfile das escolas de samba do Rio de Janeiro com o enredo sobre a lendária Xica da Silva, e escolheu uma de suas passistas para interpretá-la.
Entretanto, misteriosas pessoas pressionam e oferecem muito dinheiro para que outra moça seja a protagonista: Belém (Sara Montiel). Nada explicaria esta decisão, porém, há um motivo. Belém tem uma impressionante semelhança física com a ex-esposa de um perturbado e desequilibrado multimilionário. Ela agora enfrentará muitas dificuldades e encarará o preconceito para se apresentar pela escola, mas principalmente para lutar contra o desespero e ciúme do violento ricaço, e finalmente conseguir viver um grande amor com um jovem brasileiro.


 
Apesar do filme ser ambientado no Brasil (mostrando toda a exuberância do Rio de Janeiro nos anos 60), o estúdio é espanhol e a estrela do filme também. Sara Montiel prova mais uma vez que não há fronteiras para sua arte, interpretando grandes composições, desde Ary Barroso a Herivelto Martins; O que não cola é um morro ainda idealizado, mas isso era de praxe no cinema da época, além disso, brasileiros falando espanhol em seu próprio país. Mas o filme com a super diva espanhola foi feito mesmo para ser visto por seu público, daí fácil aceitar essas falhas. Na época isso nem era falha e todos aceitavam. No geral, vale muito a pena assistir este filme, é como uma viagem no tempo.

2 comentários:

  1. Comecei a assistir esse filme e achei-o tão amador, tão artificial... que parei antes da metade... Mas gostei das cantorias de Sarita.
    Cumprimentos cinéfilos

    O Falcão Maltês

    ResponderExcluir
  2. Ah é verdade! Bota amador nisso! A gente só assiste porque gosta da Sara. Vê só que coisa irreal: brasileiro falando espanhol como se fosse seu idioma de origem. É de fazer chorar de rir!

    ResponderExcluir

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin